Home > Contos > Chapeuzinho Vermelho

Chapeuzinho Vermelho

Em tempos antigos, uma linda menina morava com sua mãe em uma casa no meio do bosque. A menina ganhou da sua avó um capuz vermelho de veludo. Gostou tanto do presente que o vestia quase o tempo todo e, por isso, era chamada de Chapeuzinho Vermelho.

Certo dia, a mãe de Chapeuzinho Vermelho pediu que ela fosse levar uma cesta de doces para sua amada vovó, que se sentia um pouco fraca e indisposta.

- Tchau, minha filha. Evite o caminho da floresta e não fale com estranhos - disse a mãe de garota.

Chapeuzinho Vermelho saiu toda animada e, no meio do caminho, resolveu colher algumas flores para a vovó. Distraída com as flores, deu de cara com um lobo. Os dois conversaram por um instante. Como o lobo tinha segundas intenções, falou:

- Por que você não vai até a casa da sua vovó pelo caminho da floresta? É mais rápido e você pode desfrutar da beleza da natureza, do canto dos pássaros e, ainda, colher tipos diferentes de flores para sua querida vovó.

A menina ficou em dúvida, mas, maravilhada com a beleza da floresta, resolveu seguir o conselho do lobo. O lobo saiu correndo e, quando chegou à casa da avó da menina, bateu na porta.

- Quem está aí? - Perguntou a vovó.

O lobo disfarçou a voz e respondeu:

- Sou eu, Chapeuzinho Vermelho, sua querida neta.

- Pode entrar, querida! - Contentou-se a vovó.

O lobo, então, entrou e engoliu a vovó, que nem teve tempo de se defender. Depois, vestiu as roupas da vovó e ficou esperando a menina.

Chapeuzinho Vermelho chegou à casa da sua avó toda animada, com a cesta de comida e muitas flores. Como a porta estava entreaberta, entrou. Porém, ficou assustada com o aspecto da sua avó.

- Vovó, porque suas orelhas estão tão grandes?

- São para ouvi-la melhor minha netinha - Respondeu o lobo.

- E pra que esses olhos tão grandes?

- São para vê-la melhor.

- Credo vovó... Essa boca tão grande?

- Pra devorar você!!! - Respondeu o lobo.

O malvado começou a correr atrás da menina, mas atrapalhado que era, tropeçou e caiu. Enquanto isso, muito rápida a Chapeuzinho Vermelho se escondeu dentro de um velho armário. Nesse momento, passou um caçador em frente à casa da vovó que, ouvindo todo aquele barulho, decidiu entrar para averiguar o que acontecia. Ao ouvir o caçador, Chapeuzinho Vermelho saiu correndo do armário e lhe contou rapidamente a história.

Ao ver o caçador o lobo correu, mas o caçador conseguiu pegá-lo. Então, o caçador cortou a barriga do lobo e tirou a vovó de dentro, que estava viva, embora respirasse com dificuldade. Emocionada, a menina correu para os braços da vovó.

Em seguida, o caçador buscou grandes pedras e encheu a barriga do lobo com elas. Depois, jogou o lobo em um poço bem fundo.

Voltando para casa, ao lado da sua mãe, a menina disse:

- Aprendi a lição, mamãe! Nunca mais esquecerei os seus conselhos.

- Minha filha, o que uma mãe mais deseja é que seus filhos estejam sempre protegidos.

E assim, Chapeuzinho Vermelho aprendeu a atender os pedidos de sua mãezinha.


Seu(sua) filho(a) gostou dessa história? Avalie com um clique e comente abaixo

Avaliação Geral: 5.0, baseada em 15 avaliações

E você? Gostou dessa historinha? Compartilhe com sua amiga que também tem filho(a) pequeno(a).

Se quiser postar no seu blog clique aqui para copiar o código HTML e em colar no local adequato do seu blog :)

Parece que o seu filho ainda não dormiu! Quais outras historinhas podemos colocar no site?

Comentários